Mas afinal, o que é marketing – parte 2

Jornal Indústria e Comércio
Segunda, 22 de Agosto de 1994.
4ª edição da coluna – Página F1

“Marketing é o conjunto de ações que visam satisfazer as necessidades e desejos dos consumidores, levando em conta a concorrência e a rentabilidade da empresa.”

Philip Kotler, o “papa” do marketing

Dissecando este conceito, temos, inicialmente, que marketing não se resume a uma única ação, mas sim, ao conjunto delas, que podem ser, por exemplo, pesquisa de mercado, telemarketing, promoções, propaganda, e por aí afora. Em seguida, é fundamental entender a diferença entre necessidades e desejos. A diferença entre estes dois substantivos abstratos vai direcionar nossa estratégia de marketing e principalmente o enfoque da comunicação a ser adotada. Necessidades são prementes, racionais e funcionais. Por sua vez, desejos são emotivos, secundários e simbólicos. Definir se queremos satisfazer necessidades ou desejos é de fundamental importância para o êxito de uma estratégia de marketing. Em terceiro lugar, entra a análise da concorrência. A ação da concorrência, de certa forma, baliza nossas ações. Por exemplo, se não temos um concorrente para determinado produto, por que vamos aperfeiçoá-lo? Será que é por isso que a Kombi é praticamente igual desde que foi lançada, há trinta anos?

O leitor pergunta.

Paulo Sérgio Gabardo, diretor comercial da Moto Peças Hauer Ltda. Marketing e Propaganda são as mesmas coisas?

Caro Paulo: Decididamente não! Imagine que uma mesa de quatro pernas seja o nosso marketing. Uma das pernas seria a propaganda. Podemos afirmar, então, que a propaganda faz parte, compõe, integra o marketing.

ALTA SATISFAÇÃO

Ninguém tinha pensado até hoje em resolver o problema do cheiro forte da gasolina ao abastecer o carro. Tinha! Agora, na França, já é possível encontrar gasolina perfumada com agradáveis aromas em alguns postos.

BAIXA SATISFAÇÃO

Horário Eleitoral “Gratuito”. Engraçado como num país rico como os EUA a propaganda eleitoral é rigorosamente paga. Aqui no Brasil, que pelo jeito deve estar muito bem financeiramente, o governo gentilmente “banca” este verdadeiro presente de Papai Noel aos partidos e candidatos, para felicidade das videolocadoras.

VEJA TAMBÉM

Fundamentos do Marketing Pessoal

Antes que você comece a investir seu precioso tempo e dinheiro em ações de marketing pessoal, é importante conhecer e respeitar os fundamentos que irão

Leia Mais

Pequena história do Marketing

Jornal Indústria e ComércioSegunda, 05 de Dezembro de 1994.19ª edição da coluna – Página F1 Esta pequena história real de marketing orientado para qualidade, servirá

Leia Mais

Deixe uma resposta