Ciclo de vida de produtos

Jornal Indústria e Comércio
Segunda, 16 de Janeiro de 1995.
25ª edição da coluna – Página C3

Da mesma forma que no reino animal os seres nascem, crescem e morrem, no “reino do mercado” ocorre algo muito parecido com os produtos e serviços.

Seja por obsolescência ou por moda, muitos produtos e serviços morrem para dar lugar a outros mais modernos, sofisticados e práticos.
Mas utilizar as estratégias de marketing corretas para cada fase de vida do produto, é meio caminho andado para aumentar sua duração no mercado e maximizar suas vendas.

Primeiro, é preciso saber em que fase se encontra o produto ou serviço de sua empresa, ara poder administrar sua estratégia.
Veja agora as características de cada fase e suas respectivas ações

Fase desenvolvimento:

Realização de pesquisas de mercado, confecções de análises e elaboração de projetos. Incremento das atividades de relações públicas, elaboração do planejamento estratégico de marketing e integração de toda a organização no plano.

Fase introdução:

Lançamento do produto ou serviço no mercado. Propaganda de informação. Indução do consumidor à experimentação. Acompanhamento da reação do mercado, tanto dos consumidores como da concorrência. Correções de eventuais falhas no planejamento ou do produto/serviço.

Fase crescimento:

Aumento das vendas. Aumento dos canais de distribuição. Aumento das ações da concorrência. Propaganda de fixação.

Fase maturidade:

Estabilização das vendas. Descobrir novos usos para o produto. Modificar a fórmula, embalagens, design, etc. Propaganda de manutenção. Maximização dos lucros e otimização dos custos.

Fase declínio:

Diminuição dos canais de distribuição. Redução das promoções. Corte nos investimentos. Abandonar.

Na próxima coluna comentaremos, com exemplos, cada uma das fases do ciclo de vida dos produtos.

VEJA TAMBÉM

Deixe uma resposta